08/07/2019

DICAS E TRATAMENTO PARA COMBATER A QUEDA DE CABELO

A queda de cabelo é um mal que aterroriza os homens que começam a chegar na meia idade e que realmente preocupa mulheres que sentem que perdem muitos fios durante o dia. 

Resolva de uma vez por todas a queda de cabelo e consiga os melhores resultados com os últimos tratamentos reconhecidos pela ciência

Seja qual for o seu sexo, saiba que a alopecia — nome médico para a calvície — pode afetar profundamente a autoestima de uma pessoa, além de afetar consideravelmente a estética daqueles que sofrem com a queda de cabelo.

Por esta razão, saber como combater esta situação é de extrema importância, especialmente para aqueles que não conseguem se imaginar com outro penteado ou até mesmo com poucos pelos no couro cabeludo.

Neste post, nós falaremos sobre algumas dicas e tratamentos que você pode aplicar rapidamente para conseguir reduzir ou eliminar de uma vez por todas a queda de cabelos na sua vida.

Pronto para continuar? Não deixe de ler este post até o final!




Dica #1: Cuidado com a química e com o calor

Para as mulheres, é essencial ter um cuidado um pouco maior com os produtos que são aplicados no cabelo. Muitas vezes, o shampoo e o condicionador são o suficiente, fazendo com que outros cremes sejam apenas importantes em situações sazonais.

Evitar tratamentos capilares agressivos e fórmulas mágicas também ajuda a preservar a saúde do seu couro cabeludo e a queda de cabelo, que é terrível para ambos os sexos.

Para os homens, o quadro é semelhante: evite utilizar shampoos de baixa qualidade, géis com muito álcool e inúmeras outras substâncias agressivas.

Evitar o excesso de chapinha e de calor nos fios de cabelo também é extremamente importante para sua manutenção, assim como a utilização de bonés somente em situações específicas e por curtos espaços de tempos.

Tudo isso ajuda a manter seu cabelo saudável e com boas condições para evitar a queda.

Dica #2: Tente ter uma ideia do número de fios que você perde diariamente

A maioria das pessoas não sabe, mas a queda de cabelo é natural e faz parte do processo de renovação dos fios do couro cabeludo.

Diariamente, nós perdemos uma média de 100 fios — o número é basicamente o mesmo para homens e mulheres. Por isso, é muito importante ter uma ideia geral sobre a queda de fios ao longo da sua rotina.

Perder alguns fios enquanto você penteia o cabelo ou até mesmo quando você está no chuveiro fazendo a lavagem da cabeça é normal e natural. Verifique apenas o excesso e tenha uma ideia generalizada — não precisa contar fio a fio, obviamente.

Normalmente, é muito fácil perceber quando a queda é excessiva, uma vez que ela tende a ser frequente e acontecer com ou sem manipulação dos fios. 

Constatando esta situação, o ideal é procurar um médico para avaliar as causas — que podem ser de origem genética, alimentar ou até mesmo a indicação de alguma enfermidade.


Dica #3: Verifique sua alimentação e veja seu estilo de vida


Muitas pessoas se assustariam se soubessem sobre o papel da alimentação na manutenção dos seus cabelos. A anemia, deficiência de ferro e Vitamina D, são apenas alguns exemplos do que pode causar a queda de cabelos.

Por isto, é sempre importante verificar sua alimentação diária e até mesmo observar o seu estilo de vida. A falta dos micronutrientes essenciais — como vitaminas e minerais — pode ser uma das principais causas do seu cabelo fragilizado.

Combine isso com todos os outros problemas que mencionamos brevemente acima (como muita química e calor no cabelo), e certamente você tem a receita perfeita para o desastre da sua beleza.

Portanto, faça uma análise geral do seu estilo de vida e não deixe de consultar seu médico no caso de cansaço e de outros sintomas que podem indicar outros problemas com sua saúde.

Não se esqueça, que no caso de medicamentos controlados ou após algum tratamento intenso — mesmo que eles não envolvam quimioterapia e semelhantes —, pode ocorrer a queda de cabelos.

Verifique todos os aspectos da sua vida e, se possível, ingira mais vitaminas, minerais e outras substâncias importantes, como a biotina para ter um cabelo grande, bonito e saudável.


Encontrou algum problema? Faça o tratamento o quanto antes


Os tratamentos para queda de cabelo são inúmeros e dependem quase que exclusivamente da situação individual de cada um.

A alimentação, por exemplo, pode ser um problema que pode ser solucionado com suplementação e uma boa dieta. Além da inclusão de exercícios ao ar livre e de outras atividades para melhorar o metabolismo e aumentar a absorção de Vitamina D, por exemplo.

Além disso, existem pílulas, loções e outros produtos especializados que podem auxiliar a pessoa a realmente fortalecer seu couro cabeludo e nutrir todos os fios de cabelo. O único cuidado aqui está com as fórmulas milagrosas que dificilmente funcionam.

Se nada disto funcionar, existe a possibilidade do transplante capilar, que hoje é uma das técnicas da medicina mais eficientes e com maior chance de sucesso. Milhares de pessoas anualmente optam por este procedimento estético e atestam resultados excelentes e duradouros.

O importante é não desistir e de fato encontrar as alternativas que funcionam para seu caso em especial. O acompanhamento médico durante todo o processo é extremamente importante, seja você homem ou mulher.

Não se esqueça que em muitos casos é preciso testar ou passar por mais de um tratamento antes de realmente conseguir os resultados esperados. No caso de um corte químico, por exemplo, a mulher deve ter uma rotina cuidadosa e com muitos produtos específicos para hidratar e manter o crescimento de um cabelo saudável.

Fazer as modificações na rotina que mencionamos também implica nos seus resultados e certamente na sua saúde geral. Por isso, sempre recomendaremos uma abordagem integral e que seja efetiva na sua qualidade de vida.

Gostou do conteúdo de hoje com as dicas e tratamentos para queda de cabelo? Comente abaixo sua opinião e compartilhe este post nas redes sociais para ajudar mais pessoas que estão em busca dessas informações!

Comentários
0 Comentários

0 Comentários:

Postar um comentário